15 coisas para fazer antes de morrer

Olá, pessoal. Voltei, desta vez meu sumiço foi ocasionado pelas férias… Sempre fico preguiçosa, vagabunda e entediada quando o ano letivo termina e, nessas condições, não é raro a inspiração desaparecer. Descobri que sou um ser que depende de uma inspiração constante não só para escrever, mas também para viver. Essa inspiração pode ser um objetivo, uma meta, um desejo ou simplesmente uma determinação quase infudada… Se me injetar a constante animação da qual necessito para me sentir bem, então serve.

Pegando o gancho do assunto, aqui estão 15 metas/objetivos/desejos/etc. que escolhi a concretizar antes do infeliz e derradeiro dia que o último suspiro inócuo for exalado de meu peito momento Alváres de Azevedo, ignorem. Sinceramente, espero que esse dia esteja beeeeeeem longe, umas seis ou oito décadas pelo menos. Por que, para citar Marília Gabriella em Cinquentinha, a eternidade é um grão de areia para quem tem sede de viver.

Aliás, não pensem que são quinze ao pé da letra, aqui postarei apenas as principais, naturalmente.

1-Passar no vestibular da Federal do Pará

2-Ser financeiramente independente

3-Mudar o máximo que puder a sociedade em que vivo

4-Emagrecer até chegar no meu peso ideal

5– Fazer muito muito Sexo Selvagem

6-Viajar

7Ir para ao menos um grande show de rock  *isso aconteceu ano passado, no show do Scorpions*

8Escrever um livro *De fato, eu escrevi um, não saiu tão bom, mas vale*

9-Visitar Londres, especialmente a Torre e Hampton Court, com a minha mãe

10Criar um cachorro *Eu tenho, agora, meu tolo e amado David, híbrido de pincher com yorkshire*

11-Ser menos preguiçosa

12-Encontrar pelo menos uma celebridade que eu goste

13-Publicar uma tradução

14-Aprender mais três línguas e aprimorar o inglês

15-Ter filhos

Bom não há uma ordem crescente ou decrescente de importância. Listei o que eu anseio por fazer, realmente, mas de uma forma não exatamente ordenada. Sou um tanto regrada e metódica demais e estou tentando me livrar disso. Ademais, são só 15 das incontáveis realizações que almejo até o último dia de minha vida e é aquilo, a vida não se organiza na ponta de uma caderneta, a vida é um selvagem e avassalador furacão, sempre ditando um ritmo e impondo desafios novos e inesperados.

Sendo assim, ademais, desejo um ótimo natal e um próspero a todos. E em breve estarei de volta, com o post de encerramento do ano.

Eu voltei...

Eu voltei...

Anúncios

1 comentário

  1. Cris · dezembro 21, 2009

    Ser metódica nao é ruim (até aqui o teclado nao tem acento).

    Acho que a 5 devia passar pra 1 hehehehe. Ainda mais se o fim do mundo estiver próximo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s