Minha dança com dragões

A Dance with Dragons

 

Bem, acho que nem preciso dizer que o meu sumiço é culpa da volta às aulas. Mil coisas, mil possibilidades, mil responsabilidades.

Mas eu precisava escrever aqui. Tive a idéia desse post enquanto refletia sobre as semelhanças entre duas coisas que eu adoro: Dança (apesar de ser dura como uma tábua) e luta. Quero dizer, ambos são um jogo de corpos onde a perfeição é buscada a cada movimento. Os dois combinam movimentos; um combina passos e outro, golpes. Nas danças em que você tem par, é fundamental conhecer o outro, e na luta você também deve conhecer seu adversário.  Se você errar, todo equilíbrio se desfaz e tudo está perdido. Claro que há a diferença no caminho de ambos; um é “suave” e outro é violento, mas ambos buscam a mesma coisa: perfeição.

E o dragão. Bom, desde que comecei a ler As Crônicas de Gelo e Fogo de George R. R. Martin e minha identificação com a personagem Daenerys Targaryen, da casa Targaryen, cujo símbolo é o dragão, meio que comecei a ver essa criatura de uma outra forma. O dragão é usualmente associado a coisas ruins, a feiura, a maldade. Mas o Dragão é também fogo, poder, fúria.

E acho que o Muay Thai, seja no treino ou no combate, é uma verdadeira dança com dragões.

É como lidar com o dragão interior, lidar com toda sua fúria, frustração e ódio, botá-lo para fora. E na hora do combate você vai lidar com o seu dragão e o do adversário. Dois dragões se enfrentando, dois dragões espirrando fogo um no outro, dois dragões lutando selvagemente.

Dois dragões dançando.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s